Buscar
  • Odonto Brasília

Tudo que você precisa saber sobre dentes de leite




Por volta dos 6 meses de vida começam a surgir os primeiros dentinhos nos bebês. Até os 5 anos, a criança deve apresentar um total de 20 dentes: 10 em cima, 10 embaixo. O dente de leite existe porque durante a infância a arcada dentária é menor e ainda não comportaria os dentes em seu tamanho normal.


A primeira dentição é responsável por estimular o desenvolvimento dos músculos da face e dos maxilares que crescem através da mastigação. Ela também age na respiração, fonação, deglutição e no treino da mastigação. Enquanto os dentes de leite desenvolvem todas essas atividades, os definitivos estão sendo formados.


Não é porque eles cairão que não precisam de cuidados. Uma boa higiene evitará danos na dentição permanente ou infecções. Durante essa fase, é importante incentivar os pequenos a cuidarem bem dos dentes, ensinar sobre o hábito da escovação correta e o uso do fio dental.


Perda dos dentes de leite

Os primeiros 20 dentes das crianças serão substituídos por 32 permanentes. A troca costuma acontecer entre os 5 e os 7 anos, quando o dente de leite cai devido à pressão que o permanente faz. O processo se resume na destruição da raiz, tornando-os moles por conta da pressão do dente sucessor, perdendo assim a sustentação. O dente permanente começa a aparecer logo em seguida.

Filhos e pais ficam muito ansiosos para esse momento e o tempo de perda desses dentes pode variar. Mas, quando deve haver preocupação?


E quando o dente de leite não cai?

Existem alguns fatores que fazem com que os dentes de leites não caiam ou esteja demorando para cair. Acompanhe abaixo algumas possíveis razões:

● Falta de espaço para o dente permanente;

● Gengiva muito fibrosa;

● O dente permanente pode perder o caminho de erupção;

● Falta de estímulo mastigatório do dente prestes a cair, o que é fundamental para que tudo aconteça na cronologia correta;

● Inexistência do dente permanente;

● Problemas emocionais da criança.


Por isso é extremamente importante que a criança tenha um acompanhamento odontológico. É assim que o profissional poderá analisar quais são os reais fatores que estão influenciando na demora do crescimento do novo dente. O dentista investigará o que está acontecendo dentro do osso e, em algumas situações, é possível que seja necessária uma intervenção cirúrgica para a remoção do dente.

Se a criança não estiver passando por nenhuma das situações citadas acima, os dentes de leite podem ser removidos com tranquilidade em casa.


42 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo