Buscar
  • Odonto Brasília

COMO PRESERVAR O CLAREAMENTO DENTAL: CUIDADOS, O QUE NÃO FAZER, DICAS DE HIGIENE BUCAL E MANUTENÇÃO




Você fez clareamento dental e finalmente conquistou aquele sorriso branco que tanto queria. Agora, as preocupações acabaram e não é mais necessário ter aqueles cuidados minuciosos com os dentes, certo? Errado! Muita gente pensa que depois do clareamento não precisa mais se preocupar com a saúde bucal, mas a verdade é que, neste momento o que o paciente mais precisa é de cuidar do sorriso para preservar o efeito. Quer saber quais são as medidas para manter o tratamento estético em dia? Continue lendo a matéria e garanta o seu sorriso branquinho 1. Quanto tempo dura o efeito do clareamento dental? Se você pensa que, ao fazer o clareamento dental, seus dentes vão ficar brancos para sempre, aí vai um aviso: com o passar dos anos, querendo ou não, o sorriso acaba escurecendo naturalmente. Nesse caso, não há relação alguma com problemas na qualidade da técnica do clareamento dental. O tempo do procedimento é bastante relativo e varia de paciente para paciente. Porém, é possível que o efeito acabe mais rápido que o esperado, principalmente se o paciente se descuidar da alimentação, higienização e não retornar ao dentista. Entretanto, se ele seguir as recomendações do profissional, o tratamento pode durar até 2 anos. 2. Cuidados para se ter após o clareamento dental 2.1. FAZER A HIGIENE BUCAL CORRETAMENTE TODOS OS DIAS Pode ser apenas uma vez, mas se você deixar de fazer a higiene bucal, os dentes podem ficar amarelos. Se a preguiça é o principal fator que te impede de fazer uma boa escovação, pense que, além do visual do sorriso, seu bem-estar oral e a saúde do organismo estão em jogo. Realizando uma limpeza completa após todas as refeições, você consegue manter um sorriso saudável e com sua cor bonita. 2.2. USAR UM CREME DENTAL COM EFEITO 'WHITENING' DE VEZ EM QUANDO Usar um creme dental com efeito 'whitening' ajuda na manutenção da cor alcançada durante o clareamento dental. O produto só não substitui o tratamento feito em consultório, como muitos pensam, já que ele age de forma superficial. Além disso, por contar com substâncias abrasivas, é importante lembrar que esse tipo de creme dental não deve ser usado sem o acompanhamento e a supervisão médica. 2.3. EVITAR AO MÁXIMO DE TOMAR REFRIGERANTE Entre as principais restrições alimentares após o clareamento está o refrigerante. A composição dessa bebida apresenta diversos tipos de ácidos que conseguem desmineralizar o esmalte dos dentes. Por conta desse fator, o aparecimento de manchas pode tornar-se mais fácil. Vale a pena dar uma pausa no consumo dessa bebida para evitar esse tipo de problemas. Além disso, o líquido é uma das principais fontes causadoras de cárie dental. 2.4. SABE AQUELE CAFÉZINHO? TAMBÉM PRECISA DIMINUIR A descoloração geralmente está associada ao processo de envelhecimento natural do dente, mas também a fatores correlacionados com a pigmentação da dieta alimentar, como a ingestão de bebidas que mancham o sorriso. Além do refrigerante, o café faz parte dessa lista e é importante diminuir o consumo o máximo que puder. 2.5. UM BOM MOTIVO PARA LARGAR O CIGARRO O cigarro é uma grande barreira na hora de deixar os dentes mais brancos. Isso porque a nicotina é responsável por causar pigmentação na mucosa e nos dentes. Assim, por mais que o clareamento dental seja feito da melhor maneira possível, as manchas sempre vão voltar. Os pigmentos irão impregnar novamente na estrutura dentária, causando o escurecimento ou amarelamento dos dentes. Por este motivo, o mais indicado para esses pacientes, é a suspensão do cigarro durante e após o tratamento. 2.6. VÁ AO DENTISTA REGULARMENTE PARA FAZER UMA REVISÃO E MANUTENÇÃO DO TRATAMENTO Além de todos os cuidados com a higiene bucal, também é importante ir ao dentista regularmente para realizar a manutenção do seu sorriso branco. Esse processo nada mais é do que o olhar crítico do profissional sobre seus hábitos alimentares e de limpeza, a realização da profilaxia dentária e, se necessário, refazer o clareamento dental caseiro ou no consultório.

3. O que não se deve fazer para evitar o amarelamento dos dentes - Beber vinho ou demais bebidas alcoólicas regularmente; - Evitar a ingestão de alimentos que possuem pigmentos ou mancham os dentes, como molho de tomate, ketchup ou açaí, por exemplo; - Beber muito refrigerante faz mal pra saúde do organismo e dos dentes. Essa bebida pode deixar seus dentes amarelos e provocar uma erosão dental com o passar do tempo; - Fumar, seja o cigarro eletrônico ou o tradicional, todos prejudicam a saúde e amarelam os dentes; - Não ir ao dentista regularmente para fazer consultas de revisão e manutenção do tratamento. - Esquecer de escovar os dentes ao acordar, após às refeições e antes de dormir. 4. Como fazer a higiene bucal depois do clareamento dental? Para um sorriso mais branco, principalmente após o clareamento dental, é importante manter o ritmo da sua higiene bucal. Neste caso, além de uma escova de dentes elétrica ou manual bem macia, é essencial investir em produtos, como o creme dental e enxaguante bucal, com ação branqueadora, que também ajudem a preservar o resultado do tratamento por muito mais tempo. 1º passo) Passe o fio dental entre os dentes para remover as sujeiras, restos de comida ou placa bacteriana; 2º passo) Com um creme dental com efeito clareador, escove os dentes fazendo movimentos leves e circulares, sem colocar muita pressão na escova. 3º passo) Finalize fazendo um bom bochecho com um enxaguante bucal. 5. Como é feita a manutenção do clareamento dental? A manutenção do clareamento dental é todo o cuidado que você tem com o seu sorriso durante o dia a dia após a realização do procedimento. Para manter seu sorriso banco por muito mais tempo, é fundamental seguir uma boa rotina de higiene bucal, adotar uma alimentação saudável, beber bastante água e evitar aqueles alimentos e bebidas de mancham os dentes. Por fim, também é importante visitar o profissional dentista que fez o clareamento regularmente (a cada seis meses, pelo menos) para ele acompanhar a cor e o estado dos seus dentes para identificar a necessidade ou não de um novo tratamento. MATÉRIA RETIRADA DO SITE : www.sorrisologia.com.br

2 visualizações0 comentário